Sociedade

Mitos sobre o Tarot

Por Ana Isabel Ferreira
https://www.facebook.com/osegredodapapizza/

O Tarot tem associados preconceitos e mitos que fazem, muitas vezes, que se crie uma imagem menos positiva deste método oracular. Assim, para desmistificar um pouco esta arte, vejam abaixo alguns dos mitos que surgem mais frequentemente:

Apenas alguém com poderes especiais pode ler Tarot
Não é preciso ser-se médium, vidente ou ter o famoso “dom” para ler Tarot. Na realidade,qualquer pessoa pode aprender a fazê-lo. No entanto, é fundamental dedicação, estudo e ouvir e confiar na nossa intuição.

É preciso dominar todas as artes esotéricas para realmente apreciar as cartas de Tarot
Embora possam ser usadas em conjunto com o Tarot, não precisamos ter uma “pós graduação” em Astrologia, Numerologia, Runas ou qualquer outra das artes esotéricas.
Podemos querer desenvolver os nossos conhecimentos nessas áreas (o que poderá ser
benéfico), mas não as dominar não é de todo um impedimento para ler Tarot.

É preciso memorizar cada significado de todas as cartas antes de se poder começar a ler Tarot
É praticamente impossível memorizar cada um dos possíveis significados de cada uma das cartas num baralho de Tarot. São 78 cartas, por si só, mais as inúmeras combinações entre elas… Só de pensar, dá logo vontade de guardar o baralho e parar antes de começar, não é? O importante, mais uma vez, é ouvir a nossa intuição, sentir o que cada carta nos diz a cada leitura e criar a nossa própria ligação com o baralho.

Algumas cartas são negativas e ameaçadoras
Cartas como O Diabo, A Torre ou A Morte são muitas vezes vistas como maléficas e como
trazendo sempre más notícias, mas na realidade nem sempre é assim. As cartas têm um
significado, e podem indicar desafios ou tensão, mas a sua interpretação poderá variar, sendo sempre necessário ter em consideração o contexto da leitura, o que foi perguntado e até as outras cartas que saem na leitura. O mesmo se aplica às chamadas “cartas invertidas”.

Os baralhos de Tarot devem ser oferecidos
É bastante comum que se acredite que o primeiro baralho de Tarot tenha de ser uma oferta, como se o Universo estivesse assim a convidar-nos para começarmos a ler Tarot. Ora, claro que alguém pode oferecer-nos um baralho, mas nada impede que sejamos nós próprios a adquiri-lo se assim o sentirmos ou quisermos.

É preciso fazer um ritual “todo xpto” para consagrar um baralho e antes de fazer uma leitura
Se pesquisarem, irão encontrar muitos rituais de consagração e para realizar antes de fazer leituras. E se os fizerem, não há nada de errado. Mas, na minha opinião, não são de todo necessários grandes rituais para isso. Eu simplifico bastante as coisas: antes de usar um baralho pela primeira vez, embaralho as cartas enquanto peço orientação e proteção aos meus guias, para que use o baralho da melhor forma possível. E, antes de cada leitura, peço igualmente orientação e proteção. Basicamente, façam o que vos faz sentido.

O Tarot só serve para adivinhar o futuro
Tal como qualquer oráculo, o Tarot tem um potencial divinatório e pode ser usado para esse efeito. No entanto, o Tarot tem muito mais para explorar e limitar o seu uso para uma tentativa de se saber o que vai acontecer no futuro é passar ao lado de uma experiência verdadeiramente transformadora. O Tarot tem também uma vertente terapêutica e de autoconhecimento, que tem como objetivo perceber e compreender acontecimentos ou factos passados. Podemos assim usar o Tarot como uma ferramenta para nos ajudar a tomar melhores decisões e obter uma visão mais clara sobre as nossas vidas.

Uma consulta de Tarot deve ser presencial
Embora sejam cada vez mais comuns, ainda há quem fique reticente e duvide das consultas de Tarot feitas “à distância”. O que é alegado é que é necessário que tarólogo e consulente estejam ambos no mesmo espaço físico para que a energia flua de forma mais eficaz. Na verdade, a energia está em todo o lado e se houver confiança e ética de trabalho, uma consulta pode ser feita pela internet, telefone ou videoconferência, sem que isso prejudique ou deturpe aquilo que as cartas tenham para dizer.

One thought on “Sociedade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create your website at WordPress.com
Iniciar
%d bloggers like this: