Situado a 5 quilómetros do Castelo de Óbidos, este alojamento local nem sempre esteve projetado para o projeto que é hoje. Resultou de um sonho começado em 2013, quando os proprietários decidiram ir para o estrangeiro e não podiam deixar a sua casa recém-comprada a ‘detetiorar-se’. A pergunta ficou no ar: por que não rentabilizá-la?
Na altura, o conceito – alojamento local – em moradias não era a escolha principal dos portugueses, muito menos nas Gaeiras, uma Vila que pertence a Óbidos. Mesmo assim decidiram arriscar. Afinal, Óbidos era (e é) uma zona turística. Valia a pena o risco. Correu tão bem que, em 2018, quando voltaram para Portugal, arriscaram investir no negócio do turismo em Alojamento e o resultado está à vista. Nasceu a Pérola D’Óbidos.
Venha conhecê-la connosco!

RI – A Pérola D’Óbidos é um espaço que existe há quanto tempo?
PO – Começamos a alugar em Julho do ano passado, em 2019.

RI – O cliente, neste ramo de negócio, é, de facto, quem mais ordena?
PO –
Sem dúvida, acho que, em qualquer negócio, ouvimos muito o que os nossos clientes nos têm para dizer. São críticas muito construtivas, quem melhor para dar a sua opinião, se não a pessoa que usufruiu do espaço?

RI – A fidelização dos clientes é uma das vossas máximas. Como se consegue expandir o negócio numa época com tanta variedade de oferta?
PO –
Apostando na diferença, sem dúvida. Perceber o que o público gosta/procura. As casas, os espaços são apelativos e acolhedores.

RI – As pessoas sentem-se mais seguras (em contexto de Pandemia) num ambiente familiar como o Pérola D’Óbidos?
PO –
Sim! Este ano, as casas vingaram mais do que nunca, essencialmente em espaços com poucas acomodações.

RI – Qual é o segredo do vosso sucesso?
PO –
Acho que é fazer tudo com Amor e sempre a pensar no bem-estar dos nossos clientes. 😍 Só assim pode resultar.

RI – Há boas razões para se escolher o Pérola D’Óbidos. A começar por Óbidos. O que se pode encontrar ao redor?
PO –
Óbidos é uma Vila encantadora, onde podem dar passeios, conhecer o castelo, as inúmeras igrejas e capelas, visitar as livrarias da vila, passear de charrette, onde mergulhamos pelas ruas medievais e, por fim, provar a típica ginja de Óbidos.
Estamos muito bem localizados. A 15 minutos do Budha Éden. Entre 10 a 20 minutos podem conhecer a praia da Foz do Arelho, Lagoa de Óbidos, Bom Sucesso, Praia del Rey, Peniche, Baleal e S. Martinho do Porto.
Ficamos a 40 minutos do DinoParque da Lourinhã e a 1h de Lisboa.
São 30 minutos até ao Mosteiro de Alcobaça e da Batalha e 1h de Fátima e das grutas de Mira de Aire. Por último, são 20minutos até às salinas de Rio Maior.

RI – Quais as ambições futuras do vosso espaço?
PO –
Estamos a trabalhar para começar, no próximo ano, a fazer eventos, casamentos, batizados, entre outros.

RI – Quais os clientes que entram pela porta adentro?
PO –
Todo o tipo de clientes: muitos portugueses, muitos estrangeiros. Mas sempre muito entusiasmados e verificamos, também, o medo do cliente ao chegar e não encontrar o que viu publicitado, achando terem sido enganados. 😜

RI – Quantas habitações possuem neste momento?
PO –
Três

RI – Quais as características das casas. Há várias tipologias?
PO –
Um T1, T2 e T3.

RI – Onde as pessoas vos podem encontrar. Que contatos?
PO –
No Facebook, Instangram e, muito em breve, no nosso site.
www.peroladobidos.pt 😍.

RI – Estão abertos todo o ano?
PO –
Sim, todo o ano. A piscina funciona também o ano todo.