Valentina, 9 anos

A PJ, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, informou esta manhã que a criança que estava desaparecida em Peniche foi encontrada morta.

Ao todo, estiveram mais de 600 elementos “ativos na procura incessante desta menor”, numa área de mais de 4 mil hectares. Tinha sido percorrido um raio de 3 quilómetros e meio, pelo que ainda não se tinha chegado ao local onde foi posteriormente encontrado o corpo.

“Começámos pela investigação de um desaparecimento e essa investigação levou-nos ao cometimento [de um crime], por dois autores, que estão fortemente indiciados dos crimes de homicídio, ocultação de cadáver, entre outros”, precisou António Jordão, da PJ de Leiria.

“Estes autores irão ser presentes às autoridades judiciárias competentes”, adiantou, referindo que as duas pessoas são familiares da criança e têm 32 e 38 anos. Fonte policial tinha já adiantado à Lusa que o pai e a madrasta são os dois detidos por suspeitas de envolvimento no caso.

António Jordão referiu que o local onde estava o corpo foi encontrado a partir da “análise dos interrogatórios a várias pessoas”, durante a manhã.